Bacia de contenção: Para que serve e como ela é feita

Bacia de contenção
04.06.2020 categorias Geomembrana

Bacia de contenção: Para que serve e como ela é feita

Bacia de contenção é o assunto do artigo de hoje.

Vazamentos de produtos químicos podem gerar inúmeros prejuízos e impacto ambiental de grandes proporções. 

Esse impacto é incalculável no que tange o meio-ambiente e toda responsabilidade em torno da sustentabilidade nas operações de uma empresa.

Isso sem contar a responsabilidade criminal e em todas as consequências.

Um simples vazamento de um produto poluente pode se tornar um enorme problema. 

Para que isso seja evitado, é importante pensar nos procedimentos de segurança, ou seja, na prevenção desse tipo de problema. 

A bacia de contenção é uma maneira certa e eficiente de reter produtos resultantes de vazamentos de tubulações tanques e recipientes fracionados.

 

Onde são utilizadas as bacias de contenção?

 

A bacia de contenção é instalada, especialmente, em uma região que se limita por algum de depressão do terreno ou por diques.

Sobretudo, ela é dimensionada em função do volume que será armazenado ou de acordo com o seu fluxo de operação.

Porém, nem todas as bacias de contenção são dimensionadas para suportar o total volumétrico do tanque que armazena determinado produto químico.

Isso porque algumas bacias de contenção servem para dar suporte ao conteúdo que vazou e, instantaneamente, direcionar o produto vazado para outro recipiente onde ele será armazenado e, em algumas situações, reaproveitado.

A bacia de contenção serve para diversas finalidades na indústria, como o armazenamento de produtos químicos perigosos ou não.

Ela age como uma barreira que evita o contato do produto vazado com sistemas de drenagens, águas pluviais, corpos hídricos, solo, bem como a possibilidade de contaminação de trabalhadores. 

No entanto, ela também pode ser muito utilizada na construção civil.

As bacias de contenção podem ser usadas para vários fins e diversos segmentos, porém, são especialmente indicadas para aumentarem a segurança no armazenamento dos produtos químicos inflamáveis, tóxicos, explosivos ou corrosivos.

Sobretudo porque na utilização desses produtos podem ocorrer derramamentos acidentais. 

Contudo, vale ressaltar que diversos produtos químicos não perigosos e não classificados pela ONU (Organização das Nações Unidas), também podem apresentar elevado potencial poluidor.

Através delas, pode-se evitar o desperdício de substância ou material armazenado, pois nem toda a sobra será necessariamente descartada.

 

Tamanhos e modelos

 

Especialmente, hoje o mercado oferece inúmeros tipos de bacias, com vários modelos e tamanhos com muitas variações.

Além disso, com capacidades de armazenamentos diversificados que atendem a todos os tipos de necessidades da indústria. 

São resistentes e duráveis, além de colaborarem para as práticas industriais sustentáveis.

A instalação deve ser feita de acordo com os objetivos do seu negócio.  

A dica é sempre fazer o projeto com empresas que são especializadas nesse tipo de obra e com profissionais qualificados. 

Sobretudo, nunca se esqueça de conferir os materiais que estão sendo utilizados e procure avaliar tudo com bastante cautela.

Isso porque um projeto dimensionado especificamente para a necessidade da empresa pode economizar recursos financeiros.

Além disso, é capaz de otimizar espaço e agilizar o fluxo de processo da organização.

 

Normatização e legislação que projetos que requer bacia de contenção

 

Para esse tipo de projeto é preciso estar atento, no entanto, às normas que orientam a construção de bacias. 

Inicialmente, é preciso verificar com atenção o local escolhido.

Os produtos químicos, por exemplo, precisam estar isolados e sinalizados adequadamente e não podem ocupar o mesmo local com outros materiais. 

O ambiente também precisa, necessariamente, ser bem arejado e possuir redundância sobre as medidas preventivas.

Os pisos e paredes precisam ser revestidos de material impermeável para evitar contaminação e ser inclinados para facilitar a remoção do material. 

Também é necessária a instalação de extintores de incêndio dimensionados de acordo com a área a ser protegida e com as distâncias a serem percorridas.

É imprescindível que o acesso às bacias seja feito apenas por pessoas autorizadas e devidamente treinadas. 

As bacias devem ser protegidas contra chuva, umidade, radiação, calor e vento.

De acordo com a NBR 17.505 (2013), a bacia de contenção deve estar próxima a, no mínimo, duas vias diferentes, pavimentadas ou estabilizadas que dêem passagem para dois veículos de combate ao incêndio ou 5 m, escolhendo o maior destes valores. 

Para bacias com capacidade até 1.000m³ é permitida apenas uma via para passagem do veículo de combate a incêndio ou 3 m.

 

Tipos de bacia de contenção

 

Por serem utilizadas em diferentes contextos, as bacias de contenção apresentam diferenças relevantes entre si, como tamanho e, principalmente, material de fabricação. 

Além disso, com o incremento da tecnologia, esses equipamentos estão cada vez mais práticos e modernizados. 

Atualmente, as bacias podem ser encontradas basicamente em três modelos diferentes como concreto armado, plástico injetado ou PEAD (polietileno de alta densidade).

O polietileno de alta densidade ou PEAD, que é uma nova tecnologia que vem sendo amplamente utilizada. 

Assim, cada material proporciona às bacias características e propriedades físicas e químicas diferentes.

Porém, hoje, os modelos mais antigos de concreto ou aço, por exemplo, já são considerados ultrapassados por sua pouca praticidade e elevado custo.

A utilização da bacia de contenção em PEAD têm inúmeras vantagens por ser leve, flexível e com gramatura inferior ao concreto e ao plástico injetado.

Além disso, pode ser transportado com facilidade pois pode ser dobrada e transportada facilmente para o local em que será aplicado.

Em relação à sua durabilidade, ele é muito mais resistente e não reage com os produtos químicos contidos em seu interior, sobretudo, a bacia de contenção em PEAD é mais eficiente para conter vazamentos e com melhor custo-benefício. 

 

Melhor opção de material para bacia de contenção

 

Ao observar as vantagens das bacias em polietileno de alta densidade para conter vazamentos, não é difícil entender porque empresas dos mais variados segmentos têm dado preferência a elas em detrimento daquelas confeccionadas em aço, concreto e plástico injetado.

Tendo ciência do modelo mais indicado e eficiente de bacia de contenção, o fabricado em PEAD, é preciso compreender os motivos para se preocupar em prevenir o derramamento de poluentes no meio ambiente.

Em primeiro lugar, é preciso pontuar a responsabilidade ambiental que deve estar presente nos processos desenvolvidos e nas tomadas de decisão do setor industrial, comercial e de transporte, com o objetivo de salvaguardar a integridade das pessoas, animais, nascentes, etc.

Além disso, a ocorrência de vazamentos acarreta o pagamento de multas, taxas, indenizações e pode, até mesmo, interromper as atividades desenvolvidas pela empresa, gerando prejuízos e manchando a imagem da companhia.

Por fim, ao adotar os dispositivos de contenção, é mais fácil identificar vazamentos, reaproveitar combustíveis e substâncias aparadas no interior das bacias e ainda evitar seu contato direto com colaboradores e com o solo, uma medida simples e com ótimos resultados.

 

Aplicação de geomembranas de forma sustentável

 

O polietileno de alta densidade é formado por uma cadeia C2H4 ou CH2, ou seja, em que carbonos e hidrogênios passam por um processo de polimerização com catalisadores (Ziegler-Natta ou Phillips).

Eles são utilizados sob pressões entre 10 a 15 atm. e temperaturas de 20ºC a 80ºC em meio de hidrocarbonetos parafínicos, compostos alquil-alumínio e sais de Níquel, Cobalto, Zircônio ou Titânio que ativam sua reação.

Sua estrutura de cristalização, que ocorre de forma linear e não por ramificação em longas cadeias, sobretudo, confere características de densidade e resistência maiores, principalmente a ácidos e solventes.

Ele é um dos materiais mais utilizados pelas indústrias por ser um material de baixo custo e reconhecida qualidade. 

Dado o grande volume de materiais descartados compostos por este tipo de plástico, verifica-se a importância da reciclagem de polietileno de alta densidade. 

É matéria-prima essencial para produtos em geral, tambores, tanques, tubulações e diversos outros.

A reciclagem do polietileno de alta densidade deve ser realizada por empresas especializadas.

Desde que elas sejam capazes de tornar embalagens, brinquedos, sacolas e demais objetos em novos produtos compostos por este material. 

A Política Nacional de Resíduos Sólidos estabeleceu diretrizes sérias para o gerenciamento de resíduos, tendo como prioridade a reciclagem. 

É nesse contexto que pode ser entendida a reciclagem de polietileno de alta densidade.

Visando a prática de consumo sustentável de materiais nas indústrias, o PEAD deve ter prioridade, assim se mostra o entendimento de alguns. 

Em suma, a reciclagem de polietileno de alta densidade deve ser a alternativa priorizada, pois além dos efeitos positivos ao meio ambiente, possui excelente custo-benefício para indústria. 

Para isso, a parceria com uma empresa especializada em reciclagem de polietileno de alta densidade é fundamental.

 

A Brasil Geomembrana é especialista em projetos de bacia de contenção

 

A Brasil Geomembrana atua na área de impermeabilizações, revestimentos e das mais diversas obras geotécnicas e ambientais. 

A empresa conta com ampla experiência de seu sócio-diretor que atua na área há mais de 22 (vinte e dois) anos e busca pelo contínuo aperfeiçoamento de seus técnicos e colaboradores. 

Destaca-se no mercado pelos seus serviços de aplicação prestados em território nacional e principalmente pela qualidade e excelência no atendimento.

A empresa possui mão de obra especializada e estruturada para aplicação e comercialização da geomembrana PEAD, geocomposto drenante, geotêxtil tecido, geocélula, perfil PEAD, grelhas para controle de erosão, georrede, tubo liso PEAD, tubo dreno em PEAD, fio de solda em PEAD e soldas de tubos PEAD, tudo para as mais variáveis obras que necessitarem destes materiais.

Conheça mais acessando nosso site.

VOCÊ PODE GOSTAR DE LER

Newsletter

Receba nossas Noticias em primeira mão.